25 de abril de 2016

A tão temida: Lista de Casamento!

Acho que essa parte é a mais difícil de todo o casamento, principalmente quando você tem um orçamento curtinho para o seu grande dia.. Não foi diferente comigo, mas com algumas dicas, fica mais fácil fazer a decisão! ;)





A primeira dica é: Decidam o valor do seu orçamento! Tudo vai girar em torno de quanto vocês podem investir nessa data. Logo após a decisão do valor, agora é a vez dos convidados, pois seu gasto sempre vai depender de quantas pessoas você vai ter no evento. Então são as duas coisas primordiais para se dar o ponta-pé inicial para a organização da sua festa.
Mesmo sendo uma grande festa e se tendo muito dinheiro para gastar, como sendo algo simples e reservado só para os íntimos,é necessário ter esse tipo de planejamento para que depois não venham as dores de cabeça quanto ao que vocês gostariam de terem feito naquele dia, ou quem deveriam ter convidado e não o fizeram.
Vou enumerar então alguns pontos importantes nesse momento tão decisivo.

  1. Comece pelos íntimos. Faça isso por categoria, a minha ficou primeiro os convidados da família, depois Igreja, trabalho, e amigos do colégio e afins.. Isso me ajudou a estabelecer as prioridades e chamar só quem realmente faria desse momento muito especial, pois o casamento é uma festa para se ter pessoas amadas que desejam sua felicidade.
  2.  Façam a lista juntos! Não façam duas listas separadas e depois junta tudo porque isso vai desandar! Se estão fazendo juntos e já tem um número X de convidados pré-definidos, vocês vão saber balancear melhor as prioridades, isso inclui os convidados dos pais, façam todos juntos, pois quando eles verem o tamanho da lista que vocês já fizeram, vão repensar em chamar o primo do melhor amigo do vizinho que mora na rua de trás da vó da menina que trabalhou um dia em algum lugar.
  3. Mesmo os pais bancando sua festa, não deixem eles/nem ninguém tomarem de conta da sua lista de convidados. Deve-se deixar muito claro que a festa É DOS NOIVOS e ninguém que  lhes tragam desconforto devem estar  no casamento. Agora assim, não vamos ser radicais, né? Por exemplo: tanto a minha mãe, como minha sogra tinham pessoas especiais em suas vidas de seu trabalho que elas queriam convidar, são pessoas que nós noivos não convivíamos, mas acompanharam nossa história pelas nossas mães e elas gostariam de que eles estivessem juntos nessa comemoração. Nenhuma delas eram pessoas que nos deixariam desconfortáveis, ou algo assim, então se tem como encaixar no número, não custa nada deixar elas convidarem alguns, né? Afinal, elas também são parte da festa, pois estão casando seus filhos! *--*
  4. Convide quem realmente quer convidar! Um grande equívoco é convidar pessoas apenas por protocolo, ultrapassando o limite pré-estabelecido de convidados. “Nunca convide alguém por obrigação”, aconselha a consultora de casamentos Adriana Gunther. Aqueles amigos do trabalho, chamem pessoas que realmente vocês consideram e tem uma relação fora do ambiente de trabalho, e se não for convidar todo mundo, não fiquem falando sobre o casamento pra todo mundo, nem convide os escolhidos em público, façam isso de uma maneira reservada para não causar constrangimento.
  5. Sempre tenham pessoas a mais que o número de convidados. Uma coisa comum em todos os casamentos, sejam ele com 50 convidados, sejam com 300, SEMPRE VAI TER FALTOSOS! Meu jantar, por exemplo, pagamos para 250 pessoas, meu contratado fez para sobrar comida, convidamos umas 300 pessoas e com as pessoas que faltaram, deu pra todo mundo comer e repetir!

Fiz aquele esqueminha lá em cima para simplificar as coisas, mas tenho certeza que não vai fazer aquele questionário de um por um para cada convidado, por isso fiz essa lista de dicas que vai ajudar bastante na hora de começar a fazer essa lista. Ah, sempre contem com as crianças a partir da idade que pagam para o buffet. Se quer convidar só casal, coloque o nome dos dois, mas se eles puderem levar a família,coloque o nome do patriarca e Família no convite, exemplo: Zezim e Mariana (só o casal convidado) Zezim e família (leva todo mundo!).
Fiquem atentos a esses detalhes, nunca entregue um convite na frente de pessoas que conhece também e não vai convidar. Façam desse momento o mais especial possível, por isso temos que tomar tanto cuidado com essa lista de pessoas que compartilharão desse momento tão especial.
No próximo post falarei sobre o meu convite de casamento e darei dicas de onde encontrar inspirações para criar o seu e isso sair do jeito que você quer e bem barato! ;) Te aguardo!!! Ate já já :*