22 de fevereiro de 2017

DEPRESSÃO X BALANÇA - Um desabafo!


"Nossa, porque você ainda é gorda?"  "Porque você não emagrece?"  "Você é tão bonita, porque não emagrece?"  "Porque você não para de comer tanto?"  "E a dieta?"  "Esta grávida?"  "É menino ou menina?"  "Porque você engordou tanto?"
QUE PERGUNTAS MAIS CHAAAAATAS!!!!

Todas elas alguém já me fez. TODAS! Assim como afirmações dizendo : nossa, você engordou! Nossa, você era tão magra! E bla bla bla! Até parece que a gente não tem espelho em casa. Até parece que a gente não sofre quando uma roupa não entra ou outra que era super frouxa agora está coladinha.
Já parou pra pensar nas circunstâncias que a pessoa se encontra? Ou até mesmo já pensou se essa pessoa se ama assim?

Tem gordinhas que simplesmente se amam e se aceitam como são, seu peso não é um problema e não devia ser pra você que não tem nada a ver com a vida dela. Essas eu respeito e SUPER admiro! 👏👏👏👏 Mas hoje não quero me dirigir a elas, quero falar àquelas que está num corpo que não lhe agrada. Que não está acima do peso por opção.

Convido você a se avaliar, porque muitas vezes não é uma dieta que está nos faltando, não é parar de comer, não é essas coisas que o povo tanto diz. As vezes temos algo a concertar antes do corpo - a mente.

Já tem um bom tempo que eu venho enfrentando uma doença chamada Depressão e Ansiedade. Essa doença parece um bicho de sete cabeças pra muitas pessoas. Parece um crime você dizer que toma antidepressivos. Infelizmente ainda vivemos em uma sociedade que tem preconceito contra essa (e tantas outras) doenças que afetam a nossa mente. Por causa disso muitas que sofrem com ela deixam de se tratar por medo, vergonha ou até mesmo preconceito.
Mas eu não! Eu na verdade já sabia que ia ter alguma doença psicológica, infelizmente. Isso é hereditário e não é de hoje que vem afetando minha família. Meu avô e minha tia por parte de mãe que já faleceram tiveram doenças psicológicas, e eu por ser sempre muito estressada desde pequena já ia imaginando que um dia iria desencadear alguma coisa nessa caixola aqui, só não sabia que seria tão cedo.
Pois bem, meu foco aqui não é minha doença, esse assunto posso discorrer em outro post focando só nele, se tiver alguma pergunta aproveita pra deixar aqui nos comentários que quando eu escrever sobre isso eu respondo!

Bom, o fato é que estou acima do peso, e muito, e não paro de engordar.. devem estar pensando que eu ando comendo horrores né ? Nananinanao! Como muito pouco e só bobagem. Isso é um perigo, chega até a ser um pecado 😔😔😔 Tenho uma alimentação super desregulada, como umas duas vezes por dia, nada de frutas, nada de salada ultimamente, e sempre que posso como uma panela de brigadeiro ou outras guloseimas. Mas hoje cheguei numa conclusão, não adianta eu querer ter saúde física se antes eu não tiver minha saúde mental, psíquica. Então é nisso que vou focar!
Continuar meus remédios regulares direitinho, procurar começar minha terapia psicológica, começar meus trabalhos.. enfim... Quando eu voltar a me sentir bem novamente aí sim irei me preocupar em comer certinho, fazer exercícios, etc. Não adianta começar uma dieta louca ou minha tão sonhada reeducação alimentar se na primeira crise eu vou querer comer uma barra de chocolate e meter o pé na jaca e desistir como já fiz mil vezes.

O que eu quero dizer com tudo isso?
Que você que está gordinha e NÃO QUER ESTAR GORDINHA (não falo aquelas que se sentem bem assim e não se importam com isso, continuem assim, só fiquem de olho na saúde e tudo certo 😘) reflita no que está ti impedindo de continuar assim. Reflita sobre os seus problemas, se for psicológicos, RESOLVA-OS! E depois cuide do seu corpo!
Lógico que você pode ter problemas que afetam no seu peso que não são doenças, como uma desilusão amorosa.. ansiedade em conquistar algo.. etc, mas a maneira de resolver é a mesma: foque em si, cuide-se, se ama em primeiro lugar, relaxe e então cuide do corpo! Só não deixe com que tudo vire uma bola de neve, e outra: NUNCA DESISTA DE VOCÊ!

Lutar contra sua cabeça é difícil, só quem passa que sabe! Mas lute! Procure ajuda! Não tenha vergonha de ser feliz!

Um beijo e até a próxima! :*